You may translate my blog if you needing

Pesquisar este blog

Χριστός λυτρωτής (Cristo, o Salvador)

 photo Cristo_zpsi9u1t9yx.jpg

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." - João 3:16 ARA

Ícones de uma Igreja cristã reformada: de fato bíblica



"E dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência." Jeremias 3:15 ACF


Da esquerda para a direita e de cima para baixo: Pedro Valdo (c. 1140-c. 1220), Martinho Lutero (1483-1546), João Calvino (1509-1564), John Knox (1514-1572), Charles Spurgeon (1834-1892), Martyn Lloyd Jones (1899-1981), Francis Schaeffer (1912-1984).

Seguidores

Assine minhas postagens

Ars gratia artis!

 photo triunfo444_zpsebb373bd.jpg

Triunfo de Vênus, pura poesia plástica do Renascimento.

Ars gratia artis!

 photo madr_zpsa4265784.jpg

Vênus ou Afrodite, respectivamente, para romanos e gregos, nascendo de uma madrepérola em plena selva amazônica legal, brasileira, de minha cidade de Belém, a capital do Estado do Pará, em uma magnífica escultura no decadente logradouro público de minha referida cidade, na borda do mundo, na Praça da República.

Principia Sapientiae: a Filosofia como mãe e mestra

 photo Rafael_-_Escola_de_Atenas777_zps8e0f0f71.jpg

"Um filósofo é um intercessor, é um sacerdote. Um filósofo é o anfitrião da verdade digna e acessível aos homens." (João Emiliano Martins Neto)


Add me no ZapZap

 photo whatsapp-blue-tick_zpsae2o5yfc.jpg

Principia Sapientiae: Vamos filosofar? Viva a Filosofia!



Assistam ao meu vídeo, supra, em que faço um convite a você, caro leitor, à Filosofia. Meu convite a você leitor que saiamos da Matrix que é a mesmice, o banal do cotidiano e do senso comum tornados como algo muito ruins quando absolutamente inconscientes acerca de suas naturezas intrínsecas.

Entre em contato comigo pelo email (clique no ícone abaixo)









sábado, 21 de novembro de 2015

Uma raça MALDITA!

Não tenho lá muita simpatia e dó dessa raça tosca e maldita de não-fumantes, porque eles dominaram de tal forma a sociedade mundial atual que baixaram leis anti-tabagistas leoninas contra nós fumantes. Nosso cigarro é um produto, hoje, caríssimo por culpa deles. Querem nos multar, levar em cana a nós fumantes, bloquearam nosso acesso de nós fumantes com nossos inofensivos cigarrinhos em toda a parte.

Foram, por fim, essa raça de não-fumantes os grandes promotores do narcotráfico e do homossexualismo que foram algumas das consequências do verdadeiro exorcismo dos santos anjos no mundo pela proibição do cigarro.

Cristianismo e homossexualismo

Homossexualismo é como comer balas, bombons, doces e confeitos, ou seja, faz-se por puro prazer. O Cristianismo é na carne e no sangue de Cristo que a gente come a cada Santa Missa alimento que sacia para todo o sempre, que preenche o vazio infinito do homem sem Deus.

Cristo Rei do Universo, homem seu servo, sempre

Unir os nossos sofrimentos aos sofrimentos de Cristo na cruz, sermos em tudo servos, como Cristo veio para servir, é a senha para nos livramos da idéia do homem como senhor de tudo, metido a ser como Deus como quer a modernidade e os comunistas, eis a saída da crise em que vive o Brasil, os EUA, a Europa e o mundo todo. Nesse fim de semana a Igreja celebra a festa de Cristo Rei de universo, ora, que Ele o seja, de fato, Rei, que tenha a primazia a começar por nossas vidas e aí prosperaremos.

Homilia Diária.71: Apresentação de Nossa Senhora

Os novos vendilhões

Os liberais são os novos vendilhões do Templo expulsos por Jesus por terem o mercado como Deus. Os liberais ignoram que nas Forças Armadas possam haver soldados como um São Longinus que se converteriam ao Cristianismo ou no caso dos nossos militares que se converteriam ao Comunismo.

Minha anti-revolução cultural



Aqui na minha cidade, pela graça de Deus, eu tentei empreender uma anti-revolução cultural ao unir os meus sofrimentos ao sofrimento salvífico de Cristo contra um pastor protestante muito famoso nacionalmente, mas corrupto e liberal e o efeito acho que foi muito maior do que esses que atacam diretamente César, em Brasília. É muito mais eficaz uns mil cristãos ao longo de séculos testemunhando como eu tentei fazer para um dia derrotar o império romano atual que é a revolução cultural comunista e liberal teológica.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Motivo para a misericórdia

Estamos nos aproximando do Ano da Misericórdia que terá início na Festa da Imaculada Conceição de Maria (8 de dezembro), agora, em 2015, e creio que esse testemunho de um certo marido enlutado pela trágica morte de sua esposa nas garras dos terríveis terroristas islâmicos (cf. aqui) é um belo começo para entendermos a misericórdia. Pra que darmos o gostinho aos nossos inimigos do ódio que contra eles os tais nos provocam? Nada de ódio, mas gratuidade, perdão, oração, compaixão mesmo que o pressuposto para a misericórdia não se cumpra do outro lado que seria o arrependimento, mas da parte de um cristão nós amaremos o mundo mesmo o mundo ainda sendo pecador. Daremos a mesma prova de amor que Cristo deu a este mundo decadente ao ter se animado a morrer por nós sendo nós ainda pecadores.

Sexta-feira da 33.ª Semana Comum (I) - "Bem-aventurado o homem a quem Deus corrige"

20 de novembro - Santo do dia - Santo Edmundo


Meu comentário: Linda a história de Santo Edmundo! Um monarca que provou sua santidade e fidelidade a Cristo colocando o Cristo como monarca absoluto de sua vida e do mundo, Rei dos reis e Senhor dos senhores. Que nesta festa de Cristo Rei que se aproxima, lembremos de Santo Edmundo rei da Inglaterra que como tantos outros reis cristãos colocou a Deus e a soberania absoluta do mesmo acima do desejo humano de reinar neste mundo.


Biografia: Os textos que foram retirados de obras da Paulinas e as ilustrações, criadas exclusivamente para serem utilizadas neste site, estão protegidos pela Lei dos Direitos Autorais. Para a sua utilização, é obrigatória a inserção de crédito com o link http://www.paulinas.org.br/diafeliz/?system=santo&id=599#ixzz3rttAjbKw
para acesso ao site.

Edmundo é um santo mais vivo na memória do povo da Inglaterra do que nos documentos históricos. Mesmo porque os registros trazem dados sobre o seu reinado e sua morte, enquanto sobre sua origem poucas são as informações. Sabemos apenas que Edmundo era cristão, filho do rei Alkmund, da Saxônia, que, posteriormente, teria sido adotado pelo rei das regiões da Inglaterra oriental, a Estanglia.

Aos quatorze anos de idade, tornou-se o último rei daquele território. Era um tempo duríssimo para toda a Inglaterra, agredida, constantemente, pelos sanguinários bárbaros dinamarqueses que invadiam a saqueavam seus vilarejos. Esses bárbaros eram comandados por três irmãos: Halfdene, Ivarr e Ubba. Em suas investidas, além de saquear os povoados, exigiam um resgate para não destruírem as vilas.

No ano de 869, os dinamarqueses irromperam uma grande invasão nos domínios do rei Edmundo. Para defender seu povo e o reino, ele reuniu seu pequeno exército e combateu os invasores, mais equipados e em maior número. Desse modo, ele acabou como prisioneiro de seus opositores.

Os dinamarqueses ofereceram ao rei Edmundo a possibilidade de manter sua vida e a coroa caso renegasse a fé e se proclamasse vassalo. O rei rejeitou a proposta por duas vezes. Dessa maneira, selou seu destino. Morreu traspassado pelas flechas dos bárbaros pagãos no dia 20 de novembro de 870. O desaparecimento do rei Edmundo levou ao fim o reino da Estanglia. Mas a Inglaterra se fortaleceu sob seu nome, e o jovem rei morto tornou-se uma bandeira.

Antes do final do século IX, as moedas cunhadas durante o seu reinado já eram chamadas "penny of Edmund". A sua veneração tornou-se o culto de maior devoção do povo inglês. Foi canonizado e proclamado padroeiro da Inglaterra, recebendo as homenagens dos devotos no dia de sua morte.

As relíquias mortais de santo Edmundo foram sepultadas em Beadoricesworth, que hoje se chama Bury St. Edmund, na região de Cambridge. Atualmente, existe uma congregação de sacerdotes ingleses chamados Padres de Santo Edmundo.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

O melhor amigo sempre



Jesus Cristo é sempre o melhor amigo. Ele se animou para nos salvar sendo a gente ainda pecador, se entregou à morte pela nossa entrada no Céu. Provou grande amor e amizade pelo ser humano pecador, coração de pedra e ingrato. Valeu Jesus!

Dominação Do Islã no Mundo - Como os Muçulmanos estão Dominando o Planeta

Homilia Diária.69: Quinta-feira da 33.ª Semana Comum (I) - "Ó Jerusalém, Jerusalém!"

Meu comentário: Jerusalém, os judeus não é só uma cidade e um povo sempre ingrato e pérfido para com a visita de Deus em suas vidas, mas Jerusalém e os judeus pode ser qualquer indivíduo, povo, cultura ou época que visitados por Deus, que tocados pela graça o desprezam em nome de seu orgulho pessoal, racista, classista ou de seus pretensos saberes científicos e mundanos. 

Jesus e Nossa Senhora se lamentam profundamente, choram, de quem troca a graça pelas obras da lei como autênticos escravos jactanciosos que não sabem o que é serem verdadeiramente livre, porque filhos e filhos de Deus.


Homilia Diária.68: Quarta-feira da 33.ª Semana Comum (I) - O tesouro do Evangelho

Meu comentário: O tesouro da fé cristã é a única riqueza neste mundo em que quanto mais dispomos da mesma e a usamos para espalhá-la para os outros, mais essa riqueza se multiplica tanto aos outros quanto a nós mesmos, pois todos nós crescemos na graça e no conhecimento do Senhor cuja falta de saber a respeito do mesmo faz tanta gente sofrer, como escreveu o profeta hebreu Oséias.


quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Anatomia do Islã e o do Cristianismo



Muçulmanos moderados são como o PSDB, os terroristas são o PT. No final ambos trabalham dialeticamente para a implantação do mal. Por princípio do Islã é violento, porque é um aparato estatal e um Estado sempre acaba fazendo uso da força para fazer valer a sua vontade.

Enquanto isso o Cristianismo é algo mais interior, do coração, que se dá no recôndito de cada ser humano de boa vontade mesmo que expressamente não professe a Cristo como Deus e Salvador, mas que só siga a lei natural, como ensina a Igreja Católica Romana.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Um caso de amor no mundo



Para nos salvar o amor já houve neste mundo maximamente em Cristo se deixando perfurar por uma corôa de espinhos, pelos pregos nas mãos e nos pés e em seu Sagrado Coração na cruz pela lança de São Longuinho.

Homilia Diária.67: Terça-feira da 33.ª Semana Comum (I) - O desapego de Zaqueu

Homilia Diária.66: Segunda-feira da 33.ª Semana Comum (I) - O cego Bartimeu

O Brasil perante a nova ordem mundial

A grande e melhor arma


Nossa grande e melhor arma de nós cristãos é a oração, porque afastado pela oração, em nome de Jesus Cristo, o poder dos anjos que é esmagador para os seres humanos, o homem fica só ao sabor de sua própria humana vontade que pode ser mais facilmente dominada por si mesmo.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

O homem do amor





O filósofo é o homem do amor, ele está aí para observar, contemplar e descrever o real, isto é, o mundo, não para transformá-lo. Ninguém ama mais que o filósofo e é porque os homens desaprenderam o que é o amor na era moderna que os filósofos se transformaram em operários, em tarados, cruéis e impiedosos camaradas doidos para que a coisa seja a sua imagem e semelhança e não que a mesma tenha o direito sagrado de ser o que de fato é e que talvez não consiga mesmo, sem aniquilar-se, ser algo diferente do que é.

domingo, 15 de novembro de 2015

A realeza cristã contra o PT

Se queremos vencer o PT, devemos vencer primeiro a nós mesmos, devemos ser senhores de nós mesmos. O Catecismo da Igreja Católica ensina que o cristão é rei, profeta e sacerdote e se é rei é porque é senhor não sobre outrem, mas sobre si mesmo primeiramente.

Prerrogativa dos cristãos na luta contra o mundo



Nesse dia 15 de novembro de lutas contra o mal que é sempre a esquerda, nós cristãos no mundo todo temos a melhor moeda de troca contra os comunistas e demais revolucionários a exemplo desses petistas que é o nosso sangue, pois o sangue dos mártires é semente de novos cristãos e quanto mais cristãos no mundo houver menos nas trevas o mundo estará e forte encontrar-se-á contra todo o mal. Cntra o comunismo, contra o aborto, contra as drogas, contra o homossexualismo e contra tudo aquilo que o nosso Deus nosso Senhor Jesus Cristo abomina, Ele que é o nosso Deus hebreu-cristão que consideramos o verdadeiro Deus e verdadeiro Senhor do universo.

Homilia Diária.65: Sábado da 32.ª Semana Comum (I) - Perseverantes na misericórdia

Aos renegados

Vi a foto que se segue, abaixo, no Facebook e achei por bem comentar, mais abaixo, tal exibição de vitimismo e ressentimento homicida terrorista.


Se esses tais renegados são tão bons, por que só conseguem se mostrar bons em fazer o serviço do diabo: matar, roubar e destruir? Por exemplo, nós cristãos de todas as igrejas somos o grupo social no mundo todo mais renegado e perseguido do universo, mas mesmo assim abençoamos quem nos persegue e amaldiçoa e ainda seguimos os conselhos de Nossa Senhora para que façamos penitência para que os pecadores não vão para o inferno.

Renegados, façam algum bem, já, e serão reconhecidos, nem que seja pela consciência em paz de vocês.

O valor da Santa Missa e o fim do mundo

A participação na Santa Missa tem valor infinito, por exemplo, no sentido do sacramento que na mesma ocorre, que é a Eucaristia. Por ser um sacramento de ação de graças por excelência, todos os nossos gestos individuais ou comunitários de dar graças a Deus perto da participação na Missa são um nada. Pois o mesmo sacrifício de Cristo repetido a cada Missa, incruento, e por isso sacramental, é a renovação da satisfação que Cristo prestou ao Pai que caberia, ainda que inutilmente, a cada um de nós prestar a Deus. Inutilmente, porque somos sempre pecadores e só um justo, o Justo, Jesus Cristo Filho de Deus Salvador, Alguém imaculado, poderia satisfazer para aplacar a ira divina pelo débito da criatura pecadora perante o seu Criador.

Então, que participemos de missas com frequência, todos os dias se possível, pois estaremos dando, por Cristo, as graças e a satisfação devida ao nosso Deus, em virtude de nossos pecados, e tendo por sacerdote e vítima a oferenda perfeita dada pelo próprio Deus ultrajado a quem temos tantas dívidas, mas também evidentemente muito a agradecer.

Hoje a Igreja na liturgia da Palavra lembra-nos sobre o fim do mundo. Ora, a Missa é a preparação para o fim do mundo para a volta repentina de Cristo, porque faz-nos unidos ao sacrifício oferecido pelo Salvador pelos pecados do mundo inteiro. Então, ir à Santa Missa diariamente é estar com o coração para o grande julgamento que espera vivos e mortos no pleno Dia ensolarado que é o Dia do Senhor no Juízo Final em que toda a conduta humana será mostrada bem às claras como muita gente gostaria de ocultar.

Google+ Badge

Um Destino cruel...

Eis, acima, um justo destino para os seguidores do PT!

Ars gratia artis!

 photo IMG_20170501_100356_zpsq2vzl3ws.jpg

Add me no Zapzap

 photo whatsapp-blue-tick_zpsae2o5yfc.jpg

Outros sites relevantes

Postagens mais visitadas

Leia também sobre a expiação limitada ou sacrifício eficaz

 photo cristo-bom-pastor 6_zpsufwssugx.jpg


Artigo 8 - A eficácia da morte de Cristo

Este foi o soberano conselho, a vontade graciosa e o propósito de Deus, o Pai, que a eficácia vivificante e salvífica da preciosa morte de seu Filho fosse estendida a todos os eleitos. Daria somente a eles a justificação pela fé e, por conseguinte, os traria infalivelmente à salvação. Isto quer dizer que foi da vontade de Deus que Cristo, por meio do seu sangue na cruz (pelo qual ele confirmou a nova aliança), redimisse efetivamente, de todos os povos, tribos, línguas e nações, todos aqueles, e somente aqueles, que foram escolhidos desde a eternidade para serem salvos e lhe foram dados pelo Pai. Deus quis que Cristo lhes desse a fé, que ele mesmo lhes conquistou com sua morte, com outro dons salvíficos do Espírito Santo. Deus quis também que Cristo os purificasse de todos os pecados por meio do seu sangue, tanto do pecado original como dos pecados atuais, que foram cometidos antes e depois de receberem a fé. E que Cristo os guardasse fielmente até o fim e, finalmente, os fizesse comparecer perante o Pai em glória, sem mácula, nem ruga (Efésios 5:27).

"Cânones de Dort", 2º Capítulo da Doutrina: A Morte de Cristo e a Redenção por meio dela.