Pesquisar este blog

Assine minhas postagens

Google+ Followers

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

DOM HENRIQUE EXPLICA O DOGMA DA ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA

OUTROS DOGMAS que poderiam clarificar melhor a questão mariológica seriam dogmas do relacionamento entre Maria e o resto da humanidade que seriam os dogmas de Maria como co-redentora e Maria Rainha, o reinado de Maria. Foram bem definidos em consonância com a vida mesma pulsante da Igreja de dois mil anos, que é a Tradição, foram bem definidos dogmas de Maria em si mesma: quem seria tal Mulher, em sua Imaculada Conceição e em sua gloriosa Assunção, ok, agora precisamos saber qual, eu diria assim, a ética a seguir, uma como que ética mariológca, quando nós, homens, diante da Sempre Virgem Maria que colaborou sem igual com seu Divino Filho Cristo Jesus pela salvação de muitos, pois o Sagrado Coração de Cristo somente poderia ser fruto do Imaculado Coração da Virgem, a mesma Sempre Virgem que deu o seu libérrimo sic et fiat a Deus quando da anunciação. E outro dogma seria o de Maria como Rainha absoluta e suprema sobre céu e terra, sobre o universo, diante de quem o próprio Deus se submete, no Céu, como submetia-se humildemente em Nazaré, à sua Mãe e pai adotivo, o gloriosíssimo São José. Se um dia o nosso Santíssimo Padre Francisco parar com suas trapalhadas cripto-esquerdistas e liberais, poderemos, nós, católicos, livres do inverno terrível que assola a nossa Nárnia que é a Santa Igreja, poderemos ver tais dogmas de Maria co-redentora e Maria Rainha, sempre cridos na Igreja Santa nestes dois mil anos, poderemos ver tais dogmas éticos de uma ética mariológica, insistiria em dizer dessarte, definidos pelo nosso amantíssimo Pontífice Máximo, nosso Pai e Mestre supremo Francisco ou por outro decerto que bem menos problemático que o suceda.

 

Nenhum comentário:

Google+ Badge

Um Destino cruel...

Eis, acima, um justo destino para os seguidores dos revolucionários hereges protestantes, esquerdistas, liberais e libertários.

Outros sites relevantes

Postagens mais visitadas