Pesquisar este blog

Assine minhas postagens

Google+ Followers

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Resposta a um buscador protestante

Leia, caro leitor amigo, uma resposta que escrevi aqui em meu blog a um comentário de um buscador protestante.


Caro Anônimo, você deveria identificar-se, mas, tudo bem, eu abro a possibilidade de comentário anônimo em meu blog, porque ainda que seja contra a lei de nosso Brasil o anonimato, mas um anônimo é sempre alguém real, é evidente, ainda que sob o véu do anonimato. Bom, note que você cita divisões em igrejas apostólicas como a armênia, a coopta ou a ortodoxa, mas a questão que houve nessas igrejas foi a de divergências quanto ao entendimento de decisões conciliares e de questões políticas relacionadas ao primado de Roma que é o primado do sucessor de São Pedro, o Papa que sempre foi aceito e venerado em 2000 anos de cristianismo, com exceção dos revoltados reformadores protestantes, pois o protestantismo já é uma revolta mais radical no cristianismo e que põe abaixo a Igreja de Cristo com seus sacramentos, rompe a sucessão apostólica e historicamente e filosoficamente põe abaixo a própria dignidade humana tornando-a, como nunca antes desde pelo menos o tempo de Davi ou de São Paulo, incapaz de nas coisas criadas, em tudo o que há no mundo, discernir alguma semelhança com o seu Criador, como diz a Bíblia (católica) em salmos 18 e São Paulo em Romanos 1.20, por isso mencionei Davi e São Paulo, mas poderia remontar a desde que o mundo é mundo. O protestantismo é algo quase que totalmente outro no cristianismo, é uma revolta, é uma revolução que nenhuma igreja, todas apostólicas e tradicionais, como a armênia, ortodoxa ou coopta jamais em nenhum porre homérico que já tenham tomado na vida sonharam em produzir. Obrigado por preocupar-se com minh'alma, todavia, se me permite, eu diante de sua alma temo que a mesma é que esteja a passos largos para algo muito perigoso devido à novidade que é o protestantismo tão totalmente desvinculado do que o cristianismo sempre foi em 2000 anos de história. Mas, ok, vai lá que você esteja pelo menos em algo certo, não é mesmo? Há sérios e bons teólogos protestantes em que debates protestantes muitos fecundos que já vi e eu já li muita coisa de teologia reformada, que é o protestantismo mais clássico e puro sangue e vi que muita coisa ali prima pelo realismo hermenêutico e não pelo liberalismo apóstata, e eu gostei muito. Há questões que os protestantes levantam sobre a fé cristã que são muito pertinentes e insolúveis, mas eu acho que prudência e canja de galinha não faz mal para ninguém, por isso prefiro ficar do lado da Sagrada Tradição, do lado do Santo Magistério e com Pedro e debaixo de Pedro, o Papa, e crer no que a Santa Igreja sempre creu, até mesmo, porque, convenhamos, Cristo não é mentiroso, confio no que Ele disse a São Pedro, de que as portas do inferno, o poder do próprio Satã, não haveriam de prevalecer contra a única e verdadeira Santa Igreja de Cristo que é somente a Romana que preside o amor.




***


Nenhum comentário:

Google+ Badge

Um Destino cruel...

Eis, acima, um justo destino para os seguidores dos revolucionários hereges protestantes, esquerdistas, liberais e libertários.

Outros sites relevantes

Postagens mais visitadas