Pesquisar este blog

Assine minhas postagens

Google+ Followers

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Imagens da graça e toque da graça

Ícone da Sempre Virgem Maria em um museu de arte sacra do Maranhão (São Luís)

Deus fez-se homem em Cristo Jesus Nosso Senhor com boca, cabelo, nariz, estado na vertical e dois braços e duas pernas e uma alma humana com inteligência e liberdade. Cristo, expressão exata do ser de Deus, como escrevera São Paulo, o apóstolo. As pessoas como a mulher que sofria de um fluxo perpétuo mórbido de sangue, tocavam em Jesus, mesmo na orla de suas vestes e eram curadas. A imagem do favor divino que é Cristo curava e à vista d'Ele as pessoas o procuravam e eram por Jesus Cristo instruídas, eram alimentadas fisicamente e eram curadas. Cristo é a imagem da graça, do favor divino do Céu, assim sãos imagens dos santos, de Cristo, da Sempre Virgem Maria, dos anjos e da hóstia e do cálice consagrados nas santas missas. À vista de tais imagens como que ícones, janelas, diria o grande Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, para a morada celeste aonde está a Santíssima Trindade, os anjos fiéis santos e todos os remidos e diante das imagens o simples tocar nas mesmas pode curar, pode libertar, eis o que a Santa Igreja Romana de Cristo sempre creu e ensinou. Toque nas imagens, toque com a boca no sacramento da Eucaristia ao próprio Deus sacramentado, contemple as imagens, contemple mesmo algum santo vivo que houver neste mundo e que você conhecer como eu espero que seja o caso de nosso Santo Padre o Papa Francisco e/ou o bispo de sua diocese, contemple-os, toque-os, beije-lhes a mão ou se você mesmo for santo ou ao menos penitente, pois sempre procura orar e receber os sacramentos em particular o da penitência, você e tais pessoas e imagens esculturais serão imagens da graça e toques do Céu em você. Confie, veja e toque o que o Pai nosso tem para você, meu amigo, sem excessos iconoclastas ou platônicos descarnados.

O corajoso jornalista William Waack

O culto às imagens na Santa Igreja Católica é o culto ao sagrado e não ao profano como fazem os hereges protestantes idólatras de riquezas materiais ou como fazem os racistas esquerdistas que idolatram pessoas só porque são negras que orgulhosas de si mesmas ficam reduzidas à própria cor e raça, sendo, sim, apenas gente preta e com coisa e idiossincrasias de preto, como bem disse o jornalista William Waack da TV Globo.

Nenhum comentário:

Google+ Badge

Um Destino cruel...

Eis, acima, um justo destino para os seguidores dos revolucionários hereges protestantes, esquerdistas, liberais e libertários.

Outros sites relevantes

Postagens mais visitadas