BEM-VINDO!


WELCOME!



Pesquisar este blog

You may translate my blog if you needing

Seguidores

Assine minhas postagens

Google+ Followers

terça-feira, 30 de maio de 2017

Um caminho para a honestidade, sinceridade, enfim, para a verdade

Seja você mesmo, seja você o que você é. Mas o que é você de tão especial senão primeiramente e incontornavelmente um homem, um ser humano? Você é criatura, você é homem, nem anjo e nem um animal irracional quadrupede, não é você uma reles besta qualquer movida e arrastada pelo instinto. Você é homem, você é criatura, sabe muito, mas não sabe tanto quanto o anjo sabe nem muito menos, nem você e nem o anjo, sabem tanto quanto Deus que tudo sabe, pois a divindade é onisciente: tudo sabe.

Ok, você é homem, é criatura, seja você mesmo, então, meu amigo, você pode saber algo e pode querer, tanto quanto Deus sabe e tem vontade, tanto quanto os anjos e diferentemente dos animais. Você é um ser espiritual, você tem uma alma, um espírito, que são livres, logo, não escravize à materialidade, à aparência e ao que passa, ao devir, não escravize ou não deixe-se escravizar e subverter o que em você é, liberdade e conhecimento puros, em vista do que passa, do que não é o ente, como os vícios de comida, bebida, drogas, o dinheiro, a mentira, a corrupção, a fornicação, o poder, ou seja, em nome de tudo que já na sua vida hão de te dar apenas um curto e fugaz momento de prazer ou no caso do dinheiro e bens, as próximas gerações que sucederem a você, ó homem, elas não conseguirão manter, pois mentira tem perna curta e ninguém engana a todos e o tempo todo.

Eis, portanto, acima, meu amigo, um caminho que te dou para a honestidade, a sinceridade e a verdade. Seja forte, você é forte, é homem, tem a graça divina, Cristo morreu por você. Eis, por fim, um caminho, que creio seja o caminho, seja o próprio Cristo que pela fé e somente pela fé n'Ele, justifica e purifica você de toda a mancha do pecado e com a graça d'Ele há de ajudar a você a ter uma fé viva, plena de boas obras, plena de uma maravilhosa carreira luminosa, livre e sapiencial, porque espiritual e fecunda.

2 comentários:

Juliano Reis disse...

Porra João, tento ser eu, seguir minha subjetividade e no final sempre da em merda.

João Emiliano Martins Neto disse...

Juliano, infelizmente a subjetividade está totalmente depravada pelo pecado, por isso, as melhores biografias com suas subjetividades que triunfaram do pecado serão as biografias dos santos (hagiografias). Lutemos para sermos santos, portanto, e a nossa subjetividade como imago Dei revelar-se-á o que é e que sempre foi desde o princípio.

Google+ Badge

Um Destino cruel...

Eis, acima, um justo destino para os seguidores dos revolucionários esquerdistas, liberais e libertários.

Outros sites relevantes

Postagens mais visitadas