Pesquisar este blog

Assine minhas postagens

Google+ Followers

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Uma oração de joelhos

Autoria: João Emiliano Martins Neto

Obrigado, ó meu Deus e meu Pai, aqui de joelhos rezo a Vós, porque na força de Vosso Espírito de amor, de tal maneira com efeito amastes o mundo que destes o Vosso único Filho Jesus Cristo, eterno Verbo divino, para que todo homem que n'Ele crê não pereça, mas tenha vida eternal.
Não poupastes, ó meu Pai, Vosso próprio Filho de ser moído: punido com o rigor e justiça devido aos nossos pecados humanos, a fim de que nunca mais o diabo, mais forte e mais sagaz que nós homens, mas absolutamente um nada perto de Vós, nunca mais o diabo inexoravelmente matasse espiritualmente a nós, os Vossos humanos filhos, o diabo senhor do século, do pecado e da morte, o diabo nunca mais deteria em cadeias de trevas e morte aos Vossos filhos por nossa condição ontologicamente deficitária. Nunca mais, por graça e mediante a fé em Jesus, o diabo sempre em novas e oportunas ciladas sedutoras poderia deter o homem no mal que o esmagaria. Eis, então, os sacramentos, ó Divino Pai Eterno, como o da confissão a como cordas a serem os braços fortes e a mão amiga e abençoadora de Vosso Filho, ó Deus, a resgatar-nos do fosso, e a ser tal sacramento o meio de graça do que disse o Vosso Cristo de quem n'Ele cresse que mesmo estando morto viveria.

Grato, ó Divino Pai, e eu que a mim quero um homem de profunda, rigorosa, radical e racional reflexão possa de maneira, então, humana, demasiadamente humana, vir a traduzir tal entrega total de Vosso Supremo Ser em Vosso Divino Filho inflamado pelo Vosso Espírito para que o mundo todo torne-se indesculpável por não ser cristão e dolosamente réu pela morte de Cristo Jesus Senhor nosso.


Amém.

Nenhum comentário:

Google+ Badge

Um Destino cruel...

Eis, acima, um justo destino para os seguidores dos revolucionários hereges protestantes, esquerdistas, liberais e libertários.

Outros sites relevantes

Postagens mais visitadas