You may translate my blog if you needing

Pesquisar este blog

A certeza

 photo Cristo_zpsi9u1t9yx.jpg

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." - João 3:16 ARA

Ícones de uma Igreja cristã reformada: de fato bíblica



"E dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência." Jeremias 3:15 ACF


Da esquerda para a direita e de cima para baixo: Pedro Valdo (c. 1140-c. 1220), Martinho Lutero (1483-1546), João Calvino (1509-1564), John Knox (1514-1572), Charles Spurgeon (1834-1892), Martyn Lloyd Jones (1899-1981), Francis Schaeffer (1912-1984).

Seguidores

Assine minhas postagens

Ars gratia artis!

 photo triunfo444_zpsebb373bd.jpg

Triunfo de Vênus, pura poesia plástica do Renascimento.

Ars gratia artis!

 photo madr_zpsa4265784.jpg

Vênus ou Afrodite, respectivamente, para romanos e gregos, nascendo de uma madrepérola em plena selva amazônica legal, brasileira, de minha cidade de Belém, a capital do Estado do Pará, em uma magnífica escultura no decadente logradouro público de minha referida cidade, na borda do mundo, na Praça da República.

Principia Sapientiae: a Filosofia como mãe e mestra

 photo Rafael_-_Escola_de_Atenas777_zps8e0f0f71.jpg

"Um filósofo é um intercessor, é um sacerdote. Um filósofo é o anfitrião da verdade digna e acessível aos homens." (João Emiliano Martins Neto)


Add me no ZapZap

 photo whatsapp-blue-tick_zpsae2o5yfc.jpg

Principia Sapientiae: Vamos filosofar? Viva a Filosofia!



Assistam ao meu vídeo, supra, em que faço um convite a você, caro leitor, à Filosofia. Meu convite a você leitor que saiamos da Matrix que é a mesmice, o banal do cotidiano e do senso comum tornados como algo muito ruins quando absolutamente inconscientes acerca de suas naturezas intrínsecas.

Entre em contato comigo pelo email (clique no ícone abaixo)









sábado, 9 de julho de 2016

Os perigos da mente revolucionária (Padre Paulo Ricardo).

01 - Teologia - Por que não há bíblia sem Igreja?

Oremos pela saúde, cura e conversão de Fernando Henrique Cardoso

Oremos por FHC enfermo

Como a Beatíssima Theotókos, em Fátima (Portugal), recomendou-nos, façamos sacrifícios pela conversão dos pecadores, qual nesse caso aí da enfermidade do presidente Fernando Henrique Cardoso que aos 85 anos foi-lhe colocado um marca-passo, pois segundo Santa Maria muitos pecadores vão para o inferno, pois ninguém por eles faz sacrifícios. Então, o que acham se rezarmos uma parte do Santo Rosário ou um Rosário inteiro pela conversão de FHC ou ficarmos um dia sem comer carne ou dia inteiro de jejum só tomando água ou nem isso pela conversão e salvação d'alma do presidente Fernando Henrique? Que Santo Thomas More abençoe e cure o coração de FHC, mas que sobretudo More derrame bençãos sobre o Príncipe dos Sociólogos para que ele arrependa-se de seus pecados que abriram caminho para o mal esquerdista no Brasil e em toda a América Latina.


William Shakespeare, por Leandro Karnal

Entre o individualismo e o coletivismo, o monarca e as elites antepostos ao povo, mencionados na obra de William Shakespeare, eu acho que o que o mundo precisa é da terceira via que é o Céu. Tal terceira via remete-nos ao Alto, a Deus, que pela oração torna todo homem teólogo, perito e doutor em divindade e abre a porta à santidade que é a vitória do homem sobre o mundo, a carne e o diabo.

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Até quando, Lewandowsky, abusarás da nossa paciência ?

#SomosTodosCunha - Minha homenagem ao abençoado Presidente Eduardo Cunha

DEUS, a idéia maravilhosa


É maravilhosa a idéia de ‪‎Deus‬, porque o ‪‎homem‬ não precisa como um cachorro que corre loucamente e infrutiferamente atrás do rabo procurar as respostas para os seus problemas somente no próprio homem, no mundo ou em outra criatura qualquer. O homem, o mundo ou outra criatura, a ‪natureza‬, não podem responder a todas as questões humanas e não podem preencher o vazio infinito que há no coração do homem e que é só preenchido pelo infinito, pelo Absoluto que é Deus. Porque se pudessem preenchê-lo não haveria tanta imoralidade, gula e obesidade neste mundo jamais preenchido nem pelos mais belos corpos e nem pelos mais excelentes banquetes.

O caso Felipe Heiderich sob uma ótica estritamente cristã

O mundo, a diabo e a carne são os inimigos da alma. Ora, o mundo, insuflado pelo diabo, está condenando o Felipe Heiderich, o rapaz pastor evangélico que teria abusado de uma criança, menor de idade, seu enteado. O diabo o condena, porque o diabo é o acusador da humanidade e assim o age depois de seduzi-la a pecar. E o diabo usa outras pessoas, e aí entre o mundo novamente, inimigo da alma, tanto para acusar como estão fazendo com Heiderich quanto para seduzir no momento oportuno. Ora, a carne no orgulho de Heiderich, o está condenando, porque ele tentou se matar como Judas Iscariotes, por ser um pedófilo e isso é orgulho, porque na alma desse homem ele acha que o pecado dele é maior que a misericórdia de Deus. Oremos pelo Felipe, as trevas o estão assediando terrivelmente e ele pode acabar muito mal, no Inferno, e nós cristãos seremos culpados por não termos feito sacrifícios pela salvação dos pecadores, como ensinou Nossa Senhora em Fátima (Portugal).

As vítimas de um crime ou de um pecado não são por definição culpadas do crime e do pecado que sofreram, por isso digo que devemos orar pelo Felipe Heiderich, porque ele, sim, é um criminoso e pecador capaz de cometer atos de pedofilia e suas vítimas, não, e nesse sentido estão menos arriscadas de irem para o Inferno.

Secularismo e tolerância

quinta-feira, 7 de julho de 2016

O Papa e os índios

Li no site da EBC, hoje, ao final da tarde, o pedido na verdade a imposição do Santo Padre Francisco para que respeitemos os índios em suas tradições e costumes. Mas pergunto qual o logos spermatikós, quais as sementes de verdade que há nas culturas indígenas daqui do Novo Mundo que não desmintam o Evangelho poderoso do Senhor Jesus Cristo à todo aquele que simplesmente crê, se é bem conhecida a religiosidade meramente humana ao longo da História de todos os povos, do toma-lá-dá-cá, da barganha, entre os antigos deuses e o homem e mesmo no meio do povo hebreu do Antigo Testamento com seu legalismo sufocante?

E, ademais, os bugres têm por tradição em suas superstições matarem recém-nascidos doentes, incapazes ou gêmeos, o que há em tais costumes bárbaros a fim de serem respeitados? O Papa foi muito genérico e em seu discurso concluiu com uma pergunta retórica imperativa com o intuito de impor-nos a defesa não sei do que de bom da parte dos selvagens, que pela pauta genérica, merece ser solenemente ignorada para a maior glória de Deus, para o nosso bem e de toda a Santa Igreja.

A potestade petrina a quem tributo, com a graça de Deus, amor filial, pediu que orássemos neste mês de julho por esses tais pagãos índios. Vou orar, sim, mas para que se convertam de suas tradições e costumes do que os mesmos tiverem de malignos, pois o reino de Deus está bem próximo, não precisamos contar com nossos esforços humanos para alcançá-lo, mas confiar que é Deus em Cristo Jesus que vem ao homem, mediante a fé, com o fito de visitá-lo e resgatá-lo.

Eduardo Cunha chora ao renunciar à presidência

Não só a História, mas Deus fará justiça ao querido e eterno presidente Eduardo Cunha, que Deus o abençoe, ele que é o malvado favorito de todos os brasileiros de bem, pois no dia do glorioso que será o Dia do SENHOR, o dia do Juízo Final, na Parousia de Cristo, Deus julgará o mundo inteiro e finalmente mandará para o tormento eterno do inferno, Lula, Dilma, seus aliados do Foro de São Paulo no Brasil e em toda a América Latina que não se arrependerem do pecado terrível que cometeram contra o Brasil e contra toda a nossa América católica latino-americana ao mergulhá-la nas drogas, na criminalidade, na violência, na tirania e na degradação humana geral, total e praticamente irreversível.


 

Ao meu Malvado favorito pela sua renúncia

Deputado eterno presidente Eduardo Cunha, meu malvado favorito, o senhor entrou para a História como o homem certo na hora certa, um político de fortuna como diria Nicolau Maquiavel, mas não tão de fortuna assim, porque Vossa Excelência soube ser aquele sabe e não esperou acontecer, mas fez a hora. Como eu dizia, Vossa Excelência foi o homem certo na hora certa contra as pessoas ou os monstros certos, contra os monstros totalitários marxistas-leninistas a fim de apeá-los do poder. Meus parabéns pela sua vocação política, decerto que Santo Thomas More, padroeiro dos políticos, esteve ao seu lado quando Deus neste instante de nossa História do Brasil o usou poderosamente contra o mal esquerdopata. Que Deus o abençoe, meu presidente e que abençoe à sua família, amigos e aliados.

#DeuNaTelha: Renúncia de Eduardo Cunha

Caiu o Malvado Favorito. Agora é hora de cair a Rainha Má.

Eduardo Cunha é de longe o meu malvado favorito. Cunha é um político de virtude, como queria Maquiavel, virtuoso no sentido grego arcaico de virtude, ou seja, que almeja a glória do poder, mas não ao ponto da maldade dos esquerdopatas. Cunha não fiou-se na fortuna, mas soube e fez a hora, não esperou acontecer, como diz o hino preferido dos esquerdopatas, aproveitou-se de ter sido o homem certo na hora certa a fim de derrubar os monstros totalitários marxistas-leninistas.

 

Prenúncio de 2018

Na eleição de 2018 teremos dois toscos de direita e esquerda, Bolsonaro e Ciro Gomes, se bem que não acredito na fidelidade de Gomes à esquerda. Ambos homens de sangue quente, mas pelo menos com eles conhecemos o que seja a sinceridade, coisa rara na Política que é o túmulo dos ideais.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Josef Stalin - Dez Vezes Pior que Hitler - Tirano Sanguinolento e Psicopata

Os gaúchos do PT começam a ajoelhar e rezar diante de Sérgio Moro

Que tipo de roupas devo usar para ir à Missa?

A Única


A Santa Igreja Romana é a Única Igreja verdadeira neste mundo doido e corroído pelo mal. O resto, na seara do Cristianismo, é seita repleta de idiotas úteis manipulados pelo Estado laico supremo ou por mercenários aventureiros, movidos, respectivamente, pela burrice ou pela hipocrisia criminosa.

O Sistema Inventou Deus, para manipular o povo! E você o que acha?

Se as condições materiais tudo determinarem como na perspectiva de Karl Marx, a violência mover a História, como queria o mesmo Marx; ora, o perdão, a compaixão, a benevolência, a amizade ou a diplomacia não teriam muitas vezes na História feito as coisas moverem-se e se modificarem para melhor. E em quem a gente aprende essa outra via pacífica e mais inteligente senão em Deus que é o referencial, que é o real e não o homem como o seu subjetivismo? Por isso tudo o ateísmo é algo degradante.



Meu objetivo na vida

Quero viver, intensamente viver e que Deus com sua graça ajude-me a bem viver sabendo o que pode dar-me vida e vida em abundância, eis meu objetivo na vida. É evidente que se vida em abundância, se o que saciasse a fome humana de vida fosse, por exemplo, comida ou riqueza os altares da Igreja teriam nos feios e disformes obesos e nos ricos um panteão de santos adornados por velas, anjos, incenso e flores, mas não é assim que ocorre. Então, que o Absoluto, o Altíssimo, seja a minha referência sempre, seja-me a mim reles relativo de quando em vez iludido pelo mundo, o colírio para os olhos a fim de que eu não perca o alvo de uma vida com uma meta, um objetivo perene, digno, não perecível, ainda que até mesmo extremamente sedutor, como sói ocorrer nas coisas deste mundo.




A juventude

Quando eu era jovem, eis que eu era o mais completo idiota do universo. Jovem não vale nem pela força física, porque é excessiva por ser emulada e incontrolável pelo excesso de carga hormonal. Os jovens podem valer algo pela beleza, mas beleza não é um dom democrático, nem todos a tem. Jovem é inexperiente, são uns coitados, se não forem ricos, vivem ainda às custas dos sacrificados pais. O melhor para os jovens é envelhecerem, então, como diria Nelson Rodrigues.

terça-feira, 5 de julho de 2016

Posso ser bom SEM Deus???

Natureza do poder

A natureza do poder é a limitação do poder. Quem exercerá o poder? Deus? É algum animal inferior como um verme ou superior como o elefante ou o leão os quais exercerão o poder na sociedade? Não. Nada disso. É o homem. O que é o homem? O homem é um animal racional. É animal como um gato, mas é racional, pode elaborar discurso com sentido, através da linguagem que o abre para a totalidade do real para além de seu meio ambiente. O homem poderia transformar o mundo, poderia forjar a realidade, pode fazer com que 2 + 2 não resulte em 4 ou, como diz o meu mestre Olavo de Carvalho, arrumar um jeito de arrumar uma máquina desentortadora de bananas? Não. O mundo é como é, está aí para ser interpretado e compreendido em suas leis; 2 + 2 sempre resultará 4 e é no mínimo ridículo desentortar bananas na ânsia de se não aceitar as coisas como são, olha que tem gente que pode ter essa brilhante idéia de jerico. Então, não há político limpo e decente que se não questione acerca da limitação intrínseca do poder a fim de exercê-lo na sociedade.

O político quer o máximo de poder e influência no processo decisório, mas há limites na estrutura de sua realidade humana e o homem não é como Deus que pôde fazer tudo que fez, ou seja, criar ex nihilo. O homem interpreta o mundo e o compreende em suas leis através da Filosofia, da Ciência ou da Literatura. Todo o mundo dos homens, cidades, máquinas e tecnologia responde à inteligência humana maravilhosa e às necessidades humanas de locomoção e defesa, por exemplo. O homem é limitado e o político, como homem que o é, também. Saber a exata medida humana e sua influência nesse limiar configurar-se-á na melhor estratégia política para a sociedade que este homem político pretenderá exercer através do poder acumulado e de sua influência nas decisões.

Modelo do filósofo ateu

Um filósofo pode ser ateu se o ateísmo desse homem for para ele um problema real, concreto de sua vida e não uma birrinha boba anti-Deus ou uma neurose fruto de algum trauma de infância.

#80 - Porque eu não entendo Filosofia?

A Filosofia é um decifrar da concretude humana. A Filosofia parte de certos problemas comuns aos homens e que importaram para alguns homens como Deus, a morte, a Política, a Ética, a Ciência e etc. É preciso de cada filósofo que abordou um tema comum, mas filosoficamente, por isso ele pode ser chamado de filósofo, compreender o solo de que ele partiu.

 

Sobre a prebenda à Dona Dilma no Pará

Sobre Dona Dilma Rousseff haver recebido uma prebenda de Cidadã do Paraense, quando da visita da presidente afastada à minha cidade de Belém (Pará), nos últimos dias, ora, ela é cidadã do Pará apenas no papel e na vaidade dela que recebeu uma comenda. Povo do Pará é católico, é cristão, tem por Padroeira a Sempre Virgem Maria, é um povo acolhedor, amigo, conservador... Dilma é o contrário disso tudo. Só pra se ter uma idéia uma das causas da impopularidade de Dilma entre os próprios políticos é que Dilma, além de atéia, a terrorista nunca convidou os políticos para um banho de piscina no Alvorada, residência oficial dos presidentes do Brasil, e, também, sempre foi impaciente e açodada, grosseira com todos. Ora, como alguém assim pode ser cidadã do Pará? Só se for do Pará dos delírios dessa gente que a homenageou.

O que é filosofia? Por que você deveria se importar?

segunda-feira, 4 de julho de 2016

#DeuNaTelha: A união da direita brasileira sobre a Monarquia

O crime maior da esquerda

A maior corrupção e de toda a esquerda brasileira, toda, sem qualquer exceção, incluindo o PSDB, foi terem feito aliança com quadrilhas de narcotraficantes como as FARC nos quadros do Foro de São Paulo. A esquerda toda, sem exceção, repito, deu suporte ao crime, empoderou o crime, o narcotráfico e também o sequestro, desde 1990 e isso é pior que esse roubo todo de dinheiro nas estatais que pelo menos é tão reconhecidamente crime que os seus perpetradores o esconderam ao longo desses mais de dez anos de governança petista federal. Enquanto a aliança de política de esquerda de PT, PSDB, PPS, PDT, PSB, PSOL e outros partidos brasileiros e também latino-americanos foi um acordo escancarado da Política normal com as trevas.

Ateísmo

Eu penso que o ateísmo é degradante, porque o homem sem a referência de Deus e do absoluto, absolutiza o relativo, absolutiza os mendigos do universo que é o homem ou outra criatura. O homem sem Deus acaba banalizando temas interessantíssimos como a morte, que é fundamental na Filosofia pelo menos desde Platão. O ateu tende a morrer como o resto da natureza, como o resto da criação para usar um termo cristão, tende a achar que a morte de um ser humano é algo que simplesmente acontece, como algo somente biológico, será que é assim mesmo?



Existe uma "RECEITA PARA A FELICIDADE"?

Eu creio que a felicidade está em o homem viver para a glória de Deus. Para que Deus seja reconhecido como Rei, Senhor, o Absoluto, eis é o que faria o homem, o relativo, feliz, porque tudo o que seja humano e mundano quando defendidos de forma unilateral, somente trará uma felicidade fugaz ao homem. O que é humano e mundano? Ora, é, por exemplo, a comida, a bebida, o sexo, o poder, a fama, o prestígio, a beleza ou o dinheiro. Essas coisas referidas passam, mas Deus eterno e que irrompeu na História, que fez-se homem em Jesus Cristo (algo impensável mesmo para o mais sábio dos filósofos) e que está vivo na Sua única e verdadeira Igreja que é a Igreja Católica, Esse Deus, o Absoluto, é o que pode quando glorificado pelo homem, na vida concreta do homem, trazer ao homem a felicidade e o sentido para a vida humana.

 

Filosofia para comer brigadeiro - As pequenas questões da humanidade. | Luís Mauro

domingo, 3 de julho de 2016

#DeuNaTelha: Janot, Ciro e o caso Bolsonaro

Luiza Brunet e a agressão mal contada

Meu comentário: Essa Luiza Brunet está precisando de um chá-de-pica-jovem o cara que estava com ela já era corôa ela está em busca de novas emoções e fica com essa de cu doce de dizer que todos os homens são agressores. Ou, então, na pior da hipóteses depois de velha a Brunet virou sapatão, virou uma neurótica e odeia os homens todos, ou seja, surtou de vez por causa da influência do feminismo.


Vamos correr?

Sistemas políticos e separatismo: resposta ao "idéias radicais"

Google+ Badge

Um Destino cruel...

Eis, acima, um justo destino para os seguidores do PT!

Add me no Zapzap

 photo whatsapp-blue-tick_zpsae2o5yfc.jpg

Outros sites relevantes

Postagens mais visitadas

Leia também sobre a expiação limitada ou sacrifício eficaz

 photo cristo-bom-pastor 6_zpsufwssugx.jpg


Artigo 8 - A eficácia da morte de Cristo

Este foi o soberano conselho, a vontade graciosa e o propósito de Deus, o Pai, que a eficácia vivificante e salvífica da preciosa morte de seu Filho fosse estendida a todos os eleitos. Daria somente a eles a justificação pela fé e, por conseguinte, os traria infalivelmente à salvação. Isto quer dizer que foi da vontade de Deus que Cristo, por meio do seu sangue na cruz (pelo qual ele confirmou a nova aliança), redimisse efetivamente, de todos os povos, tribos, línguas e nações, todos aqueles, e somente aqueles, que foram escolhidos desde a eternidade para serem salvos e lhe foram dados pelo Pai. Deus quis que Cristo lhes desse a fé, que ele mesmo lhes conquistou com sua morte, com outro dons salvíficos do Espírito Santo. Deus quis também que Cristo os purificasse de todos os pecados por meio do seu sangue, tanto do pecado original como dos pecados atuais, que foram cometidos antes e depois de receberem a fé. E que Cristo os guardasse fielmente até o fim e, finalmente, os fizesse comparecer perante o Pai em glória, sem mácula, nem ruga (Efésios 5:27).

"Cânones de Dort", 2º Capítulo da Doutrina: A Morte de Cristo e a Redenção por meio dela.