You may translate my blog if you needing

Pesquisar este blog

A certeza

 photo Cristo_zpsi9u1t9yx.jpg

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." - João 3:16 ARA

Ícones de uma Igreja cristã reformada: de fato bíblica



"E dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência." Jeremias 3:15 ACF


Da esquerda para a direita e de cima para baixo: Pedro Valdo (c. 1140-c. 1220), Martinho Lutero (1483-1546), João Calvino (1509-1564), John Knox (1514-1572), Charles Spurgeon (1834-1892), Martyn Lloyd Jones (1899-1981), Francis Schaeffer (1912-1984).

Seguidores

Assine minhas postagens

Ars gratia artis!

 photo triunfo444_zpsebb373bd.jpg

Triunfo de Vênus, pura poesia plástica do Renascimento.

Ars gratia artis!

 photo madr_zpsa4265784.jpg

Vênus ou Afrodite, respectivamente, para romanos e gregos, nascendo de uma madrepérola em plena selva amazônica legal, brasileira, de minha cidade de Belém, a capital do Estado do Pará, em uma magnífica escultura no decadente logradouro público de minha referida cidade, na borda do mundo, na Praça da República.

Principia Sapientiae: a Filosofia como mãe e mestra

 photo Rafael_-_Escola_de_Atenas777_zps8e0f0f71.jpg

"Um filósofo é um intercessor, é um sacerdote. Um filósofo é o anfitrião da verdade digna e acessível aos homens." (João Emiliano Martins Neto)


Add me no ZapZap

 photo whatsapp-blue-tick_zpsae2o5yfc.jpg

Principia Sapientiae: Vamos filosofar? Viva a Filosofia!



Assistam ao meu vídeo, supra, em que faço um convite a você, caro leitor, à Filosofia. Meu convite a você leitor que saiamos da Matrix que é a mesmice, o banal do cotidiano e do senso comum tornados como algo muito ruins quando absolutamente inconscientes acerca de suas naturezas intrínsecas.

Entre em contato comigo pelo email (clique no ícone abaixo)









quinta-feira, 30 de maio de 2013

Corpus Christi viventis

Por João Emiliano Martins Neto

Neste dia os irmãos cristãos cativos e iludidos pela ideologia papista católica celebram o dia de Corpus Christi. Bem, eu gostaria de expor aqui e agora neste meu post que minha torcida e oração é que todos os cristãos mais verdadeiros, os quais são os mais espirituais como não poderia deixar de ser diferente, um dia se unam como membros, células de um só e verdadeiro corpo de Cristo. Tal corpo é e é membro aqueles que concordam que a Bíblia e somente a mesma é a evidentemente que infalível, inerrante, suficiente e poderosa Palavra de ninguém menos que do próprio Deus.


 
A Bíblia que diz que não é revelação para particular interpretação (2Pedro 1.20) como orgulhosamente querem os católicos. A Bíblia que diz que pode tornar o obreiro cristão perfeito e perfeitamente preparado para toda a boa obra (2Timóteo 3.16). A Bíblia que é viva e não letra morta, jamais emudecida, pois muito ao contrário é a Palavra da vida que um dia se fez carne (1João 1.1) em um hebreu chamado Jesus Nazareno.

Os verdadeiros cristãos, nós, os protestantes, cristãos bíblicos é que fazemos parte do verdadeiro e vivo corpo de Cristo, pois celebramos sempre quando se cumpre nossa obediência aquilo que manda o que forem mais do que justos e suficientes preceitos da Palavra do Criador.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Carta aberta a Janer Cristaldo

Por João Emiliano Martins Neto

Caro Janer,
Sou seu leitor há muitos anos, mas quero discordar de um de seus posts que li em seu Blog. É o post "Carta aberta aos militantes" (cristaldo.blogspot.com.br/2013/05/carta-aberta-aos-militantes-mais.html) que discordo. Ora, é que sejam os militantes e sejam pessoas como você defensores da vida comum de padeiros e quejandos estão redondamente errados. Pois, como cristão penso que se tenho a Cristo como Deus, mesmo um simples padeiro, muito mais ainda um militante não são dignos de total confiança tanto quanto é digno de confiança o próprio Deus. Pois, como ensina a Bíblia, tudo é de ninguém menos que do próprio Criador. A vida mais ordinária e comum de um padeiro e a mais extraordinária e incomum de um militante seria impossível sem a fé em Jesus, porque somente Ele foi verdadeiramente honesto para ser verdadeiramente homem, também só Cristo foi suficientemente lúcido para se dizer Deus e prová-lo.

Penso que militantes de esquerda ou direita no Brasil erram ao buscarem salvar ao que está fora eles mesmos que é a Pátria sem antes buscarem dar conta da própria alma perante o Criador ao se reconciliarem com Este mediante a fé em Cristo Jesus. Também a arraia miúda que é o padeiro, o homem comum erra ao pensar em sua própria esquina e a semana que vem sem levar em conta o todo que de uma forma ou de outra tem sido propício à sua própria atividade.

Por fim, eu diria, que nem Roma ou suas províncias. Nem PT, PSDB. Mas o reino de Deus e a sua justiça devem ser buscados e todo o resto virá por acréscimo no Brasil e no mundo todo.


ABRAÇOS Janer e que Deus o abençoe com fé, graça, salvação, completa saúde e longos anos ainda de vida.



--
JOÃO EMILIANO MARTINS NETO

terça-feira, 28 de maio de 2013

Profissão de fé

Por João Emiliano Martins Neto
Só Jesus Nazareno é meu Deus. De fato, verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Que homem é suficientemente honesto para ser verdadeiramente homem e verdadeiramente louco para se dizer verdadeiramente Deus ? Jamais tema a homem algum, portanto.


Se Jesus for realmente Deus para você o mínimo de relacionamento que você terá com os homens será o da ironia e no máximo terá bons e verdadeiros amigos. Jamais haverá para os cristãos, em sociedade, o império de chantagens ou ciladas.

domingo, 26 de maio de 2013

Quando ciscos são traves

Por João Emiliano Martins Neto

Na época da Alemanha nazista,
 

um certo pastor luterano, adepto da ideologia nazi e que havia colaborado tremendamente para a ascenção de Adolf Hitler ao poder, fora visitar um manicômio em uma aldeiazinha germânica. Ali em meio àqueles pobres diabos alucinados o tal sofrera sem mais uma belíssima e bem dada paulada nas costas. Ora, o pastor no alto de seus um metro e oitenta e cinco de altura, com sua juventude dourada por sua penungem loira: um verdadeiro ariano-mor, reagira bruscamente virando-se e ao ver o paciente psiquiátrico rindo-se como sempre em face de sua enfermidade sem mais poder parar, desfreriu-lhe um soco que configurara-se em golpe fatal na cabeça do enfermo que morreu instantaneamente.

Os doentes desse confinamento manicomial foram destinados posteriormente à um campo de concentração nazi. Mas espero que fique em seu coração, a começar pelo meu próprio e logo eu que sou o maior dos pecadores, é que as vezes ó meu caro leitor o que eram para ser ciscos, podem tornar-se em belas traves. São Paulo Apóstolo decerto que ao aconselhar em uma de suas epístolas àqueles que supusessem estar de pé para que prudentemente não tropeçassem, pensara de certa forma na figura de linguagem cristã dos ciscos e traves. Pois, o que custaria ao pastor, ainda que esquerdista, perdoar a debilidade atroz que fizera sem consequências mais graves que um doido atingisse o tal pastor com um pau e tão-só pelas costas e não na cabeça do homem? O que era um cisco tornou-se em trave, aliás, não só pela vingança pessoal do falso luterano, mas sobretudo pelas consequências históricas de uma Nemesis ideológica que foi navio quebra-gelos do comunismo que dividiu um continente e que teve todo o apoio do referido mau sacerdote.

Google+ Badge

Um Destino cruel...

Eis, acima, um justo destino para os seguidores do PT!

Add me no Zapzap

 photo whatsapp-blue-tick_zpsae2o5yfc.jpg

Outros sites relevantes

Postagens mais visitadas

Leia também sobre a expiação limitada ou sacrifício eficaz

 photo cristo-bom-pastor 6_zpsufwssugx.jpg


Artigo 8 - A eficácia da morte de Cristo

Este foi o soberano conselho, a vontade graciosa e o propósito de Deus, o Pai, que a eficácia vivificante e salvífica da preciosa morte de seu Filho fosse estendida a todos os eleitos. Daria somente a eles a justificação pela fé e, por conseguinte, os traria infalivelmente à salvação. Isto quer dizer que foi da vontade de Deus que Cristo, por meio do seu sangue na cruz (pelo qual ele confirmou a nova aliança), redimisse efetivamente, de todos os povos, tribos, línguas e nações, todos aqueles, e somente aqueles, que foram escolhidos desde a eternidade para serem salvos e lhe foram dados pelo Pai. Deus quis que Cristo lhes desse a fé, que ele mesmo lhes conquistou com sua morte, com outro dons salvíficos do Espírito Santo. Deus quis também que Cristo os purificasse de todos os pecados por meio do seu sangue, tanto do pecado original como dos pecados atuais, que foram cometidos antes e depois de receberem a fé. E que Cristo os guardasse fielmente até o fim e, finalmente, os fizesse comparecer perante o Pai em glória, sem mácula, nem ruga (Efésios 5:27).

"Cânones de Dort", 2º Capítulo da Doutrina: A Morte de Cristo e a Redenção por meio dela.